sexta-feira , setembro 17 2021
Home / Destaque / Paciente suspeito de matar diretor de clínica no Eusébio é preso pela Polícia Civil

Paciente suspeito de matar diretor de clínica no Eusébio é preso pela Polícia Civil

Uma investigação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) resultou na prisão de um homem de 20 anos, suspeito de cometer o latrocínio de um funcionário de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos, onde o suspeito se encontrava recolhido para tratamento. O caso foi registrado no dia 1° de setembro, no Eusébio – Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13) do Estado. Já a prisão ocorreu uma semana depois, nessa terça-feira (7), na Cidade de Tianguá – AIS 14.

Artur de Sousa Primo (20), que quando adolescente já respondeu a ato infracional análogo ao crime de feminicídio, e atualmente possui  passagens pelo crime de roubo e  contravenção penal, foi capturado ontem, após investigações que o apontam como suspeito de matar um homem, de 35 anos, a golpes de faca, no dia 1° deste mês, em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos.

Na ocasião, após cometer o crime, o suspeito levou alguns pertences do funcionário que morreu no local. Com base nas apurações, a PC-CE representou pela prisão preventiva em desfavor de Artur. Com a decisão judicial em mão, os policiais civis da Delegacia Metropolitana do Eusébio se deslocaram até Tianguá e lograram êxito na captura do alvo. Artur responderá pelo crime de latrocínio. As investigações sobre o caso continuam, a fim de identificar a participação de outra pessoa no crime.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o telefone (85) 3101-2046, da Delegacia Metropolitana de Eusébio.

As denúncias também podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de Whatsapp. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: www.sspds.ce.gov.br

Postado: Pelo repórter Michel Dantas do site caririverdade.com

Deixe uma resposta