terça-feira , julho 27 2021
Home / Notícias / Nacional / “Foi muita maldade o que fizeram com ela”, diz irmão de mulher sequestrada e morta no DF

“Foi muita maldade o que fizeram com ela”, diz irmão de mulher sequestrada e morta no DF

A empresária estava desaparecida desde quarta-feira (9/6), após ter sido sequestrada. O principal suspeito do crime continua foragido (crédito: Darcianne Diogo/CB/D.A Press)

Familiares de Cleonice Marques, 43 anos, reconheceram o corpo da empresária, localizado no começo da tarde deste sábado (12/6), submerso em um córrego no Sol Nascente, a cerca de 8km da chácara onde ela morava, no Incra 9.

A empresária foi sequestrada na madrugada de quarta-feira (9/6) e presenciou o assassinato do marido, Cláudio Vidal, 48, e dos dois filhos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Após mais de 72 horas de buscas, o desaparecido teve um triste desfecho.

Nas primeiras horas da manhã deste sábado, moradores e familiares da mulher se mobilizaram e se dividiram em grupos para iniciar as buscas. Por volta de 12h, eles encontraram o corpo de uma mulher no córrego, nu e de bruços. Ivan Rodrigues, 60, um dos irmãos de Cleonice, acompanhou o trabalho e viu o cadáver. “Era minha irmã. Ela estava com um hematoma na parte de trás da perna direita e com pouco cabelo. Eu não sei o que esse homem fez com ela, mas foi muita maldade”, afirmou, emocionado.

A esperança, segundo Ivan, era de encontrar Cleonice ainda viva. “Minha irmã era uma pessoa muito amada, trabalhadora, guerreira, que dava a vida pela família. É uma tristeza termos que enterrá-la dessa forma”, disse.

Fonte: www.correiobraziliense.com.br

Postado: Pelo repórter Michel Dantas do site caririverdade.com

Deixe uma resposta