domingo , agosto 9 2020
Home / Destaque / Transexual cearense é morta a facadas dentro do próprio apartamento na Itália

Transexual cearense é morta a facadas dentro do próprio apartamento na Itália

Manuela de Cassia foi encontrada após os vizinhos sentirem um forte cheiro de gás vazando de dentro do imóvel. Manuela de Cássia foi encontrada após os vizinhos sentirem um forte cheiro de gás vazando no apartamento onde aconteceu o crime Foto: Reprodução/Facebook

Uma transexual cearense, identificada como Manuela de Cassia, foi morta a facadas dentro do próprio apartamento onde morava em Milão, na Itália, na tarde desta segunda-feira (20). 

Ela foi encontrada após os vizinhos sentirem um forte cheiro de gás vazando no apartamento onde aconteceu o crime, segundo informam jornais italianos.

Uma das principais hipóteses é que ela foi assassinada por um cliente durante uma briga, no fim de um atendimento.

Conforme a polícia italiana, ela trabalhava como acompanhante e, por vezes, chegava a receber clientes em casa.

O suspeito de cometer o crime ainda não foi identificado, até a publicação desta matéria.

Além de se solidarizar com a família e amigos da artista transexual, a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) informou em nota que, “por meio da Coordenadoria de Políticas Públicas para LGBT, está em contato com o Ministério da Cidadania solicitando o acompanhamento e as providências a serem tomadas pelo órgão federal”.

A SPS também declarou que está “unindo esforços” com a Prefeitura de Fortaleza, por meio do Centro de Referência Janaína Dutra, e com a Defensoria Pública para dar o “apoio necessário”.

Por fim, a Secretaria diz repudiar “todo e qualquer ato de violência e intolerância”, reafirmando ainda “seu compromisso com a construção de uma sociedade justa e inclusiva, sem discriminação e com respeito à dignidade humana”.

Fonte: Diário do nordeste

Postado: Pelo repórter Michel Dantas do site caririverdade.com

Deixe uma resposta