quinta-feira , agosto 13 2020
Home / Notícias / Nacional / Pai de prefeito de Granjeiro usa tornozeleira eletrônica por suspeita de participação em homicídio

Pai de prefeito de Granjeiro usa tornozeleira eletrônica por suspeita de participação em homicídio

Pai e filho são investigados por participação no assassinato do ex-prefeito de Granjeiro, João Gregório

Assassinato do prefeito João Gregório Neto aconteceu no dia 24 de dezembro.
Valéria Alves

Vicente Félix de Souza, de 60 anos, pai do atual prefeito de Granjeiro, começou a ser monitorado por tornozeileira eletrônica, nesta última terça-feira (14), após medida judicial. Vicente é suspeito no caso do assassinato do ex-prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, de 54 anos, que foi morto a tiros enquanto caminha próximo à parede do Açude do Junco, no dia 24 de dezembro do ano passado.
Foi solicitada a prisão do suspeito pela Polícia Civil, porém foi negada pela Justiça Estadual. A determinação para o uso da tornozeleira eletrônica foi feita na última sexta-feira (10) e Vicente Félix compareceu à central reguladora em Juazeiro do Norte na terça-feira (14). “Ele não estava utilizando (o equipamento) porque, de fato, a intimação só foi efetivada na sexta-feira e os prazos processuais só iniciam cumprimento no dia posterior, no caso dia útil”, esclareceu o advogado de defesa, Luciano Daniel.

Para o advogado, a inocência de Vicente será comprovada nas investigações. “Sabemos que (o cliente) é plenamente inocente até porque está colaborando com a Justiça, razão pela qual estamos aqui cumprindo a medida judicial”, finalizou.

O filho de Vicente, o atual prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé (antes, vice-prefeito), também é suspeito de envolvimento no assassinado do antecessor, João Gregório.

Fonte: Diário do Nordeste
Postado: Pelo repórter Michel Dantas do site caririverdade.com

Deixe uma resposta