quinta-feira , julho 19 2018
Home / Destaque / Em notas, PMCE e Associações negam paralisação da Polícia Militar no Ceará

Em notas, PMCE e Associações negam paralisação da Polícia Militar no Ceará

Uma notícia que circulou nas redes sociais sobre uma possível paralisação da Polícia Militar do Ceará, nesta terça-feira, 14 de fevereiro, deixou as pessoas aflitas, nesta segunda-feira (13). A mensagem dizia que a paralisação seria em prol da diminuição carga horária e aumento Salarial.

A paralisação teria uma manifestação das esposas de policiais militares na saída das delegacias e comandos de polícia para que os carros não saíssem para as ruas assim como aconteceu no Espírito Santo e no Rio de Janeiro.  A mensagem afirmava que com o vazamento da paralisação o Comando Vermelho C.V pretendia fazer arrastão no Centro de Fortaleza para saquear as lojas. No final o autor da mensagem inverídica aconselhada as pessoas a não se deslocarem ao centro da cidade, pois não haveria Policiamento e que avisassem o fato aos familiares.

No início da tarde a Associação de Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (ASPRAMECE) emitiu uma nota de esclarecimento desmentindo a notícia. Na nota a Associação nega a manifestação das esposas de militares, aqui no Estado do Ceará, neste 14 de fevereiro e nega qualquer ligação com o Comando Vermelho.

“Queremos explicar que entramos em contato com a Associação das Esposas dos Policiais e Bombeiros Militares do Ceará (ASSEPEC) onde a mesma, desconhece sobre esse movimento na quarta-feira e que se acontecer algum movimento em prol da valorização dos agentes de segurança pública, somente as esposas e familiares ficarão sabendo. Ressaltando que as associações não têm nenhum vínculo com facção criminosa. Entendemos que esse bizu do movimento de quarta-feira tem como objetivo colocar a sociedade contra as esposas e os nossos militares e desmotivar a luta das associações das esposas, querendo fazer o mesmo com as associações militares: cercear o direito de se reunirem”, conclui a nota.

Em nota a Polícia Militar do Ceará esclareceu que são infundadas as informações que circulam nas redes sociais dando conta de possível paralisação das atividades da corporação. “As associações, os militares e seus familiares têm um canal de diálogo aberto com o Governo do Ceará, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social e o Comando da PMCE. Sendo assim, qualquer informação sobre manifestação ou paralisação da PMCE é falsa e merece profundo repúdio. A PMCE esclarece ainda que os agentes de segurança do Ceará atuam visando proteger a vida de todos os cearenses e, para isso, é importante que o cidadão esteja atento e não compartilhe ou divulgue relatos incertos. O compartilhamento de boatos, além de espalhar pânico infundado, atrapalha a ação da Polícia”.

Ceará Agora

Postado pelo Site caririverdade.com

Veja também

Sem títulonjnn

5 mortos em Palmácia são identificados; SSPDS afirma que eles estavam caçando na serra

Homens estariam na região de serra caçando animais quando foram surpreendidos pelos assassinos que estavam …

Deixe uma resposta