quinta-feira , novembro 15 2018
Home / Esporte / Ceni critica gramado do Castelão e avalia levar jogos para o PV

Ceni critica gramado do Castelão e avalia levar jogos para o PV

O treinador pontuou que a razão da queda de qualidade é decorrente do excesso de partidas amadoras realizadas na praça esportiva

“Ou eles melhoram ou na próxima vez, se o presidente concordar, nós vamos para outro estádio jogar”, frisou Ceni Foto: Kid Júnior

O treinador do Fortaleza, Rogério Ceni, fez duras críticas às condições do gramado da Arena Castelão e revelou que avaliará levar as partidas do Tricolor na Série B para o estádio Presidente Vargas. O comandante leonino concedeu entrevista coletiva após a vitória do Leão sobre o Coritiba, por 2 a 1, na noite de sábado (4). 

“Ou eles melhoram ou na próxima vez, se o presidente concordar, nós vamos para outro estádio jogar”, frisou Ceni. Segundo o treinador, o gramado da Arena Castelão está, a cada dia, pior e pontuou que a razão da queda de qualidade é decorrente do excesso de partidas amadoras realizadas na praça esportiva. “Isso aqui não foi feito para fazer jogo para agradar político. Isso aqui não foi feito para fazer jogo para agentes penitenciários ou para sub-14, 15. Ou até foi, mas desde que ofereça condições para uma equipe profissional trabalhar”, ressaltou.

Ceni afirmou que a possibilidade de levar as partidas ao PV ainda será avaliada, mas adiantou que as chances de isso ocorrer são altas se ajustes não forem feitos. “Aqui, o Fortaleza põe 37 mil. Isso é um grande evento. Se as pessoas que aqui administram, querem fazer disso aqui jogo diariamente, para amador ou qualquer coisa assim, não tem problema. A partir da próxima semana a gente faz uma avaliação e nós também vamos para o PV jogar”, ameaçou.

Ainda conforme Rogério Ceni, a administração da Arena Castelão não dá a importância que o Fortaleza merece. “Para jogar num gramado que não esteja tão bom, a gente joga no PV, para 20 mil pessoas. Casa cheia. Pressão o tempo todo. A gente escolheu o Castelão como nossa casa, mas o Castelão não está dando a importância que o Fortaleza deve”, completou.

Fonte: Diário  do Nordeste

Postado: Pelo repórter Michel Dantas do site caririverdade.com

Deixe uma resposta