sábado , dezembro 15 2018
Home / Notícias / Nacional / Acusado de matar ‘Gegê’ e ‘Paca’ no Ceará se entrega à polícia em São Paulo

Acusado de matar ‘Gegê’ e ‘Paca’ no Ceará se entrega à polícia em São Paulo

‘Andrezinho da Baixada’ prestou depoimento e foi liberado em seguida, devido a lei eleitoral

Um dos dez acusados de matar os líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Rogério Jeremias de Simone, o ‘Gegê do Mangue’, e Fabiano Alves de Souza, o ‘Paca’, no Ceará, se entregou à Polícia Civil de São Paulo, na tarde da última quinta-feira (25). Ele prestou depoimento e foi liberado em seguida, devido à lei eleitoral.

André Luis da Costa Lopes, vulgo ‘Andrezinho da Baixada’, se entregou à Delegacia de Guarujá, acompanhado de um advogado. A 1ª Vara da Comarca de Aquiraz – onde transcorre o processo por homicídio qualificado – emitiu uma certidão para informar que foi comunicada da apresentação do acusado e que enviou a cópia do mandado de prisão preventiva que estava em aberto para São Paulo.

‘Andrezinho da Baixada’ foi acusado de homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas pelo Ministério Público do Ceará (MPCE). Segundo a denúncia, ele foi de helicóptero até o local do crime e desferiu disparos de arma de fogo que mataram ‘Gegê’ e ‘Paca’, em uma reserva indígena, em Aquiraz, no dia 15 de fevereiro deste ano.

O único acusado pelo duplo homicídio que foi preso até hoje é o piloto Felipe Ramos Morais.

Suposto membro do PCC é liberado

A reportagem apurou que ‘Andrezinho da Baixada’, apontado pela polícia como um membro da facção PCC na Baixada Santista, prestou depoimento à Polícia Civil e foi liberado em seguida. O Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965) determina que, desde a última terça-feira (23), até 48 horas após a votação no segundo turno das Eleições, “nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto”, segundo o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Confira a lista de acusados pelo crime:

Gilberto Aparecido dos Santos, o ‘Fuminho’ –  homicídio duplamente qualificado, organização criminosa, falsificação de documento e concurso de pessoas

Erick Machado Santos, o ‘Neguinho Rick da Baixada’ – homicídio duplamente qualificado, organização criminosa, falsificação de documento e concurso de pessoas

Tiago Lourenço de Sá de Lima – homicídio duplamente qualificado, organização criminosa, falsificação de documento e concurso de pessoas

André Luís da Costa Lopes, o ‘Andrezinho da Baixada’ – homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas

Ronaldo Pereira Costa – homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas

Carlenilto Pereira Maltas, o ‘Ceará’ – homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas

Renato Oliveira Mota – homicídio qualificado, organização criminosa e concurso de pessoas

Felipe Ramos Morais – homicídio qualificado, organização criminosa e falsificação de documento

Maria Jussara da Conceição Ferreira Santos – homicídio qualificado e organização criminosa

Jefte Ferreira Santos – homicídio qualificado e organização criminosa

Fonte: Diário do Nordeste

Postado: Pelo repórter Michel Dantas do site caririverdade.com

Deixe uma resposta