Médicos da UPA fazem paralisação parcial por falta de salários

0
125

Juazeiro do Norte. Profissionais do corpo médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Limoeiro, neste município, decidiram paralisar, desde o início da tarde de hoje, 3, atendimentos à pacientes cujo quadro não apresente estado de gravidade clínica.

Apenas pacientes prematuramente diagnosticados em estado  que demande atendimento urgente ou emergêncial continuarão sendo atendidos normalmente no equipamento.

Os médicos reivindicam o recebimento de salários atrasados, além de melhores condições para o atendimento aos usuários do serviço de saúde. O laboratório onde são realizados exames emergenciais não funciona faz cerca de uma semana. Hoje, o aparelho de raio-x apresentou uma pane, impedindo, desta forma, a realização de exames. O atraso no recebimento de salários já chega há dois meses.

Conforme a assessoria de Imprensa do Instituto Médico de Gestão Integrada (Imegi), responsável pela administração da UPA, cabe ao município de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Saúde, solucionar o problema de atraso no pagamento dos profissionais.

A Imegi, no entanto,  não soube informar o porquê de não ser a responsável pela situação,  mesmo recebendo repasses do município para realizar os trabalhos de gerenciamento da unidade.

A reportagem tentou conversar com a secretária de Saúde do município, Nizete Tavares. Duas ligações foram feitas para o celular da secretária, de final 3110, sem que fossem atendidas. A assessoria de Imprensa da pasta também foi procurada, porém, sem êxito novamente.

Os médicos não estipularam data para o fim da paralisação parcial dos atendimentos. A movimentação na tarde de hoje foi constante no equipamento. Diversas pessoas retornaram sem terem sido consultadas no local.

Fonte:ROBERTOCRISPIM.com.br

Postado: Pelo repórter Michel Dantas do site caririverdade.com

SEM COMENTÁRIOS