Mulher é acusada de tentar matar a própria filha com sal

0
16

A menina tinha uma quantidade de sal no organismo 12 vezes superior ao limite máximo diário suportado por alguém da sua idade

Uma mulher de Truro, no Reino Unido, é suspeita de tentar matar a própria filha de apenas 1 ano e 6 meses com uma dose elevada de sal. Ela foi levada aos tribunais no fim de fevereiro.

De acordo com o The Sun, a avó da menina a encontrou inconsciente e chamou os paramédicos. Eles acharam a vítima pálida, sem responder às tentativas de reanimação. Levada ao hospital, a garotinha foi submetida a exames que comprovaram: ela tinha uma quantidade do tempero no organismo 12 vezes superior ao limite máximo diário suportado por alguém da sua idade.

“É um milagre ter sobrevivido sem nenhuma sequela”, garantiu o médico que tratou a bebê. A mãe assumiu no tribunal que deu à filha várias colheres de sal. Investigadores encontraram pesquisas sobre “limites máximos de sal para crianças” no histórico de computador da mulher.

O excesso da substância pode causar problemas no cérebro e nos rins, convulsões, coma, doenças nas pálpebras e músculos faciais, febre e até levar a morte.

Fonte: Metrópoles

Postado: Pelo repórter Michel Dantas do site caririverdade.com

SEM COMENTÁRIOS