Projeto Ciclo de Reis já conta com mais de 45 apresentações

0
20

Fotos: Samuel Macedo

O Projeto Ciclo de Reis, realizado pela Prefeitura de Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Cultura em parceria com a Ong Zaíla Lavor, entrou na sua segunda semana de execução. Até este dia 02 de janeiro, já foram realizadas 15 terreiradas em diversos bairros do Município, totalizando pelo menos 45 apresentações de grupos entre guerreiros, reisados, bandas cabaçais, lapinhas e cocos.

Ao todo, o projeto Ciclo de Reis realizará 20 terreiradas. Elas acontecem de forma descentralizada em diversos bairros da cidade onde há a incidência de grupos da tradição popular em Juazeiro do Norte. A ideia da descentralização dos eventos é estimular a economia criativa e a interação entre os grupos. d82d7f01-184f-4f84-b572-92cc87e9aabc - Cópia (2)

Integração

A Coordenadora do Ciclo de Reis, Maria Gomide, explica que o Projeto também vem buscando proporcionar uma fraternidade entre os brincantes. Exemplo disso, é a visita que os Mestres e seus brincantes tem feito aos terreiros dos amigos mediante convite do próprio anfitrião. O objetivo também é proporcionar momentos de paz, uma vez que nesse período do ano, aconteciam algumas rivalidades entres os grupos.

O Projeto Ciclo de Reis foi construído democraticamente com a participação dos grupos, de forma que pudesse contemplar a todos da melhor forma possível. A programação e os locais de apresentação foram determinados a partir do desejo dos grupos.

“Os Mestres escolheram os dias de suas apresentações e também quais os outros grupos que queriam convidar para os seus terreiros. Isso é uma integração e é muito bonito de ver a presença das comunidades assistindo as brincadeiras, com pessoas de todas idades. A gente vê o brilho nos olhos das crianças e dos adultos, todo mundo assistindo a cultura com grande encantamento”, comenta Maria Gomide.

Outra característica marcante das terreiradas é a produção e distribuição de alimentos para os brincantes e para aqueles que vão assistir. Entre os mais populares, está o mugunzá que é servido enquanto as brincadeiras acontecem. Para enfeitar o ambiente, os terreiros estão sendo ornamentados com bandeirolas, palhas de coqueiros e iluminação artificial.

Fonte: impressa

Postado: pelo Site caririverdade.com

SEM COMENTÁRIOS