“Você tem que aguentar porque é mocinha” dizia o pai enquanto abusava da própria filha

0
6

A prisão do homem ocorreu na residência dos pais dele, que fica localizada no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus

Na última sexta-feira, 1, um homem de 33 anos, de identidade não divulgada, foi acusado de estuprar a própria filha, em 2012, na época ela tinha três anos.

Segundo a delegada Juliana Tuma, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o mandado de prisão preventiva em nome do bandido foi expedido pela juíza do Plantão Criminal, Caren Aguiar, em Julho de 2014. De acordo com a delegada, um inquérito foi instaurado naquele mesmo ano. O homem teria sido indiciado por estupro, mas ele fugiu para o estado de Roraima.

Na delegacia, durante o depoimento, a criança relatou que quando o abuso aconteceu, ela dizia: “Papai, está doendo” e o pai respondia: “Você tem que aguentar porque é mocinha.”

O criminoso alegou que fazia uso de entorpecentes quando ficava só com os três filhos enquanto a mãe saía para trabalhar. Ele também negou ter cometido o abuso, e que não lembrava de nada e disse que nunca esteve na delegacia. Além disso, enfatizou que agora ele era missionário de uma igreja, informou a delegada.

O delinquente foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), ele foi indiciado e vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Fonte: Via Rondônia

Postado: pelo site caririverdade.com

SEM COMENTÁRIOS