“O Melhor da História”. Mayweather nocauteia McGregor e se aposenta invicto

0
291

Uma das marcas registradas de Floyd Mayweather nos últimos anos é a sigla TBE que ele usa em roupas, carros e casas. Ela significa “The Best Ever”, que pode ser traduzido livremente como “O Melhor da História”. E na madrugada deste domingo (27), ele mostrou por que pode carregar esse apelido.

Com mais de 40 anos e em uma arena lotada de irlandeses torcendo contra, o norte-americano mostrou toda sua técnica, dominou completamente a luta a partir do quarto round e conseguiu um nocaute técnico sobre o estreante no boxe Conor McGregor no décimo assalto. Assim ele encerrou sua carreira impecável: foram 50 lutas e 50 vitórias.d82d7f01-184f-4f84-b572-92cc87e9aabc - Cópia

“Ele foi muito bom, melhor do que eu esperava”, elogiou Floyd após a luta. “Ele usou ângulos diferentes, é um competidor muito duro. Esse era nosso plano, deixar ele soltar todos os golpes mais pesados dele, para depois ir para cima. A gente falou muito dessa tática, que ele iria se cansar, iria bater forte no começo, e depois dos 25 minutos ele começaria a cair um pouco de ritmo”.

Antes mesmo deste combate, que aconteceu depois de uma segunda aposentaria e após dois anos parado, Mayweather já tinha avisado que dessa vez ele penduraria as luvas definitivamente. “Sim, senhoras e senhoras, essa é a minha última luta”, confirmou ele no ringue.Sem títulovv

Do outro lado do ringue, McGregor agora deve pensar em voltar para o UFC, onde ainda é dono do cinturão linear dos leves. Ele tem duas opções para esse retorno ao octógono, que tem tudo para acontecer ainda este ano. A mais óbvia é pegar o vencedor do cinturão interino, que vai sair da luta entre Tony Ferguson e Kevin Lee. Porém, o irlandês já disse que quer lutar contra o russo invicto Khabib Nurmagomedov.

“Ele (Mayweather) teve que mudar um pouco o ajuste dele, o estilo. Ele é muito concentrado. Dei um pouco de trabalho no começo, mas vou falar o quê? Eu me diverti bastante. Ele (árbitro) parou a luta, mas eu não fui para o chão. Eu estava mole, cansado, mas não fui para o chão. Talvez ele devesse ter esperado um pouco mais”, disse McGregor.

imagem: Isaac Brekken/APSem títulogggt

O primeiro round começou como esperado: McGregor partindo para cima, tentando ser agressivo e buscando volume de golpes, enquanto Mayweather se defendia e estudava os movimentos do adversário. Conor chegou a colocar as mãos para trás para provocar o rival. No segundo e no terceiro assaltos, o irlandês se manteve como o lutador mais ativo, mas sem conseguir encaixar golpes efetivos contra a famosa defesa do norte-americano.

Apesar de ter a atenção chamada pelo árbitro por golpear a nuca de Floyd e de dar alguns agarrões na cintura de Mayweather que pareciam ter saído diretamente do MMA, McGregor pareceu ter levado vantagem na pontuação dos três primeiros rounds. Foi a partir daí que “Money” encerrou a fase de estudos e começou a se soltar. Já no quarto assalto, o norte-americano passou para a ofensiva e acertou boas combinações.

O quinto round já mostrava um McGregor visivelmente cansado pela energia gasta no início da luta, quando tentou seus ataques mais pesados e não conectou nenhum golpe efetivo. Floyd passou a golpear o corpo de Conor, minando ainda mais a resistência do irlandês, que apresentava dificuldades claras na defesa e já tinha problemas para manter a guarda alta.

Floyd domina e nocauteia

Sem títulocc

Do meio da luta para frente, foi um passeio de Mayweather. Com McGregor esgotado, lento e praticamente sem guarda, Floyd passou a fazer algo que raramente fez em suas lutas nos últimos dez anos: forçar o ritmo para tentar o nocaute. Conor até esboçou reação e tentou contragolpear, mas o norte-americano mostrou toda a sua técnica, pendulando, esquivando e fazendo o irlandês socar vento.

Os últimos quatro rounds da luta foram um massacre. Floyd dominou totalmente e conseguiu conectar a maioria de seus golpes, mas McGregor suportou bravamente, usando clinches para quebrar o ritmo de Floyd sempre que possível.

Foi no décimo assalto que Mayweather finalmente conseguiu encerrar o combate. Conor nesse momento já era só coração: não conseguia levantar a guarda, cambaleava contra as cordas e seus golpes pareciam mais empurrões que socos. Com Floyd buscando combinações na cabeça e McGregor incapaz de se defender, o árbitro não esperou o irlandês beijar a lona, interveio e encerrou a luta por nocaute técnico.

Uol

Postado: pelo Site caririverdade.com

SEM COMENTÁRIOS