Operação conjunta das policias militar e civil de Assaré culmina com a prisão de bandido foragido do Estado do Amapá.

0
491

Repórter: Michel Dantas

Bandido foragido do Estado do Amapá e preso Foto: Reprodução Redes sociais

Na manhã de hoje (16) uma equipe de Policiais Militares do Destacamento PM de Assaré/ Ceará, sob o comando do 1° Sargento Bandeira e composta pelo 3° Sargento SERRA e do Soldado J. SANTOS, prendeu na Vila Varjota o individuo Dionatan Quadros Carvalho, natural do município de Pedra Branca do Amapari/Amapá.

Dionatan estava residindo na Vila Varjota município de Assaré há quase dois (2) anos e se identificava por “Fernando Severo de Amorim”. A PM de Assaré após receber denúncias anônimas, resolver fazer um levantamento preliminar do suspeito e apurou que o mesmo recebia semanalmente dinheiro oriundo do Amapá na conta bancária de uma moradora daquela localidade e o referido indivíduo não trabalhava, tinha casa alugada e era desconhecido dos habitantes do lugar.

Que na manhã de hoje os Policiais Militares resolveram realizar uma abordagem aquele indivíduo suspeito, tendo o mesmo apresentado uma RG e Certidão de nascimento em nome de Fernando Severo de Amorim, mas os PMs perceberam uma divergência de informações entre os dois documentos, além de que o papel não era condizente com documentos oficiais; Que diante da desconfiança, conduziram o suspeito à presença do Dr. Bruno, Delegado Municipal de Policia Civil de Assaré para uma investigação mais apurada, e após varias “consultas” aos sistemas policiais de informações e contatos com a Polícia do Estado foi Amapá, ficou constatado que aqueles documentos eram falsos e o verdadeiro nome de “Fernando” é na realidade Dionatan Quadros Carvalho, natural de Macapá/ Amapá e contra o mesmo existe um mandado de prisão em aberto oriundo da Comarca de Pedra Branca do Amapari/AP por crime de homicídio qualificado, Dionatan foi autuado em flagrante delito em Assaré por crime previsto no Art. 297 do Código Penal Brasileiro (falsificar no todo ou em parte, documento público, ou alterar documento público verdadeiro). DIONATAN disse aos Policiais que comprou tais documentos em uma praça pública na capital Macapá pela quantia de R$ 100,00 (Cem Reais) e afirmou ainda que teme voltar ao Amapá pelo fato de que sua vítima era de família rica e influente.

Dionatan foi recolhido à penitenciária da Cidade de Araripe/Ceará onde permanece à Ordem e disposição do Poder Judiciário da Comarca de Assaré, lugar onde deve aguardar sua escolta do Estado do Amapá para cumprimento de pena pelo crime de homicídio qualificado.

SEM COMENTÁRIOS