Carcará mira volta por cima no NBB

0
116

Equipe do técnico Alberto Bial terá três jogos fora e precisa corrigir erros para avançar na competição Basquete Cearense vem de quatro jogos em seus domínios, em que venceu dois e perdeu os outros dois. Time está na 11ª posição (Foto: JL Rosa)

O Basquete Cearense segue em intensa preparação para os próximos confrontos no NBB. A equipe comandada por Alberto Bial, que ocupa a 11ª colocação do campeonato nacional, tem pela frente três jogos fora de casa. O primeiro desafio é nesta terça-feira (7), contra o Franca-SP, sexto colocado na competição. Dois dias depois, na quinta (9), o duelo será contra o Bauru-SP. Já no dia 14, o adversário é o Vitória-BA, quinto colocado. Os confrontos são encarados com muita seriedade pelo grupo.

Na temporada 2017 da competição nacional, o time cearense fez 21 jogos, com nove vitórias e doze derrotas. Jogando fora dos domínios, o Carcará do Sertão venceu quatro dos nove jogos que disputou. Resultados positivos são de suma importância para a conquista da classificação, principalmente, pelos últimos dois resultados – derrotas para Mogi das Cruzes-SP e Campo Mourão-PR, em Fortaleza.

Felipe (37), pivô do Carcará, falou da expectativa para os próximos confrontos. “São jogos muito difíceis, principalmente, porque jogaremos fora de casa. Vejo essas partidas como um grande desafio, pois estamos nos aproximando dos play-offs. Se vencermos fora de casa, vamos pegar confiança e o grupo chegará mais forte na reta final do campeonato”, disse o atleta.image (4)

Competitivo

Na temporada 2017 do NBB, a disputa entre as quinze equipes está bastante acirrada. O Basquete Cearense conseguiu vitórias expressivas contra o líder Flamengo, fora de casa e contra o tradicional Vasco da Gama, no ginásio Paulo Sarasate. No entanto, perdeu para o Macaé, fora de casa, um dos últimos colocados da competição.

“Hoje o nível do NBB está muito alto, não permitindo, em nenhum momento, falhas. Em cada um dos jogos tivemos nossos momentos ruins, porém para as próximas partidas, a atenção tem de ser redobrada e a união do grupo tem de ser total”, disse.

Importância

O pivô também destacou a importância dos próximos jogos. “Nesse ano tivemos uma série de derrotas por uma pequena diferenças de pontos. Muitas dessas partidas, estávamos à frente do placar. Isso não pode acontecer, quando o nível do campeonato é altíssimo. A diferença do sexto colocado para a gente é de apenas quatro vitórias. Então, agora é não pensar no que passou e continuar firme para chegar forte nos play-offs. Tudo será decidido na quadra. Disputa muito acirrada e isso é o grande barato do esporte”, destacou o atleta (Colaborou Ideídes Guedes).

Foco

“Em cada um dos jogos, tivemos momentos ruins , porém para as próximas partidas, a atenção tem de ser redobrada”

Felipe
Pivô do Basquete Cearense

Diário do Nordeste

Postado pelo Site caririverdade.com

SEM COMENTÁRIOS